Edição: 11971 Data: 29/03/2017

Notícias - Geral

Eleitor pode transferir e tirar título em um dos 425 cartórios do Estado

23/03/2017 -


Os 425 cartórios eleitorais de São Paulo atendem, diariamente, os eleitores que precisam tirar o título pela primeira vez, transferir o domicílio eleitoral, alterar dados cadastrais, fazer segunda via ou retirar certidões. Como a procura pelos serviços é sempre maior no período que antecede as eleições, o eleitor pode aproveitar essa época de movimento reduzido para regularizar sua situação eleitoral, evitando filas.

A partir dos 16 anos, o cidadão já pode tirar o título de eleitor pela primeira vez. O documento é emitido pelos cartórios eleitorais, mediante apresentação de cédula de identidade, certidão de nascimento ou casamento, ou carteira profissional; comprovante de quitação do serviço militar (para homens com mais de 18 anos); e comprovante de endereço (todos os documentos devem ser originais). O título é entregue na hora.

Já os eleitores que precisam transferir o título devem apresentar o título, documento oficial original e comprovante de residência; é necessário morar há, pelo menos, três meses no novo local e não ter feito outra transferência no último ano.

Todas as zonas eleitorais estão fazendo o cadastramento biométrico não obrigatório e, por isso, é exigido agendamento prévio ao atendimento. Para consultar as cidades e agendar, acesse Agendamento; já a consulta de endereço das zonas eleitorais do Estado pode ser feita em Zonas Eleitorais. O atendimento é feito das 12 às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

Para ser atendido sem agendamento, o eleitor pode se dirigir a um dos postos da Justiça Eleitoral instalados nas unidades do Poupatempo.